Mobilização forte para arrancar conquistas

A data-base da categoria se aproxima, em 1º de maio, e o Sindicarne já se prepara para a campanha salarial. Afinal, os patrões costumam endurecer e dificultar. Por isso, o Sindicato alerta que só com muita mobilização e unidade dos trabalhadores será possível arrancar novas conquistas. A pauta de reivindicações já foi aprovadas pelos trabalhadores durantes as assembleias entregue no dia 31 de março. A entidade não vai tolerar desculpas esfarrapadas como a crise econômica do país.

O setor de alimentação não está mal nem tomou prejuízo. Muito pelo contrário. Em 2016, fechou 2016 com faturamento de R$ 614,3 bilhões, um crescimento nominal de 9,3% na comparação com 2015, segundo dados da Abia (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação). E as expectativas são boas. Para este ano, a Associação projeta elevação entre 0,6% e 1,2% na produção.

Para as vendas reais, o avanço esperado é de 0,7% a 1,5%. Ou seja, nada de crise e dificuldades. Por isso, o Sindicarne vai fazer o enfrentamento, com muita responsabilidade e sabedoria, para driblar as artimanhas das empresas. O apoio e a participação da categoria são fundamentais para garantir um bom acordo.

CONFIRA OS ITENS DA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES
Piso inicial: R$ 1.150,00
Piso profissional: R$ 1.350,00
Reajuste acima do piso: 4% de ganho real
Cesta básica: R$ 270,00
Auxílio escola: R$ 115,00

você pode gostar também